Autor siteag

porsiteag

Receita de Colete Prisma

Material

2 novelos Círculo Prisma cor  9623 (tango).

Agulha tricô Círculo – nº 4mm.

Agulha circular Círculo – nº 4mm.

Tamanho: 38/40

Pontos utilizados

Ponto meia: direito em m., avesso em t.. Ponto tricô: tric. todas as carr. em m., ou t.. Ponto fantasia: siga o gráfico. Correntinha (corr.). Ponto caranguejo: trabalhe em p. b. da esquerda para direita.

Amostra – Um quadrado de 10 cm em p. meia nas ag. nº 4mm = 19 p. x 32 carr.

 

Execução

Frente e Costas – São trabalhadas juntas e na vertical. Comece pela frente direita. Monte 96 p. nas ag. nº 4 e tric. do seguinte modo: 4 p. em p. tricô, 88 p. em p. fantasia seguindo o gráfico e 4 p. em p. tricô. A 26 cm do início do trabalho para a cava direita, rem. à direita 32 p. e tric. do seguinte modo: 4 p. em p. tricô, 56 p. em p. fantasia seguindo o gráfico e 4 p. em p. tricô. A 30 cm do início do trabalho monte 32 p. à direita (mesmo lugar dos p. rem). Trabalhe do seguinte modo: 4 p. em p. tricô, 88 p. em p. fantasia seguindo o gráfico e 4 p. em p. tricô. A 72 cm do início do trabalho para a cava esquerda rem. à direita 32 p. e tric. do seguinte modo: 4 p. em p. tricô, 56 p. em p. fantasia seguindo o gráfico e 4 p. em p. tricô. A 76 cm do início do trabalho monte 32 p. à direita (mesmo lugar dos p., rem). Trabalhe do seguinte modo: 4 p. em p. tricô, 88 p. em p. fantasia seguindo o gráfico e 4 p. em p. tricô. A 102 cm do início do trabalho rem..

Acabamento – Costure os ombros. Com a ag., circular levante pelo direita do trabalho, 234 p. ao longo das frente e decote costas, tric. 1 carr. em avesso do p. meia em seguida tric. do seguinte modo: 4 p. em p. tricô, 226 p. em p. meia e 4 p. em p. tricô. Ao mesmo tempo tric. em carr. encurtadas do seguinte modo: tric. 4 carr. em todos os p., na carr. seguinte, tric. 96 p. no início da carr., volte os 96 p., tric. outras 4 carr. em todos os p. na carr. seguinte, tric. 86 p. no início da carr., volte os 86 p., tric. outras 4 carr. em todos os p. na carr. seguinte, tric. 76 p. no início da carr., volte os 76 p., tric. outras 4 carr. em todos os p. na carr. seguinte, tric. 66 p. no início da carr., volte os 66 p., tric. outras 4 carr. em todos os p. na carr. seguinte, tric. 56 p. no início da carr., volte os 56 p., tric. outras 4 carr. em todos os p. e rem.. Faça o mesmo trabalho nas duas bordas do acabamento das frentes. Ao mesmo tempo a 18ª carr. tric. em todos os p. em p. meia, para enrolar a borda do remate por igual. Faça a toda volta das cavas uma carr. em p. caranguejo e rem..

Categoria: Moda Feminina Adulto

Técnica: Tricô

Tipo: Coletes

porsiteag

Regata Tricô Fashion

Material

Fashion 7625 (castanha);

Agulhas para tricô 3 mm;

Agulha circular 60 cm 3 mm.

Tamanho: 38/40

Pontos usados: meia (m); t (tricô); 2 pontos juntos em meia (2 p.j.m.); mate simples (= passe 1 ponto sem fazer, trabalhe o seguinte em meia, retire o ponto sem fazer sobre o meia, deixando-o cair); mate duplo (= passe 1 ponto sem fazer, trabalhe os próximos 2 juntos em meia, retire o ponto sem fazer sobre o meia, deixando-o cair).

Execução

Monte 96 pontos nas agulhas de tricô e trabalhe seguindo o gráfico da barra ou a receita a seguir:

1ª carr: *3 m, 1 t*. Repita

2ª carr: 2 m, *1 t, 3 m*. Repita de * a * e termine com 1 t, 1 m.

Repita estas 2 carr até completar 8 cm (= 26 carr). Não arremate a última carr, coloque na agulha circular e deixe à espera.

Trabalhe 2 peças iguais e coloque ambas na mesma agulha circular.

Acompanhe o gráfico da Blusa por 33 cm (41 cm desde o início) e faça a divisão e preparação para as cavas.

Carr seguinte: 9 t, trabalhe 10 motivos, 17 t, 10 motivos, 8 t.

Trabalhe mais 6 carr como esta e em seguida arremate os 5 pontos centrais dos 17 t para a formação das cavas.

A partir daqui, trabalhe Frente e Costas separadamente. Arremate 1 p a cada 2 carr (3 vezes) de cada lado e

continue até concluir a 8ª carr de motivos. Faça os 34 pontos centrais da Frente em m por 3 carr para o decote. Deixe estes pontos numa agulha auxiliar e trabalhe os pontos restantes separadamente por mais 6 cm. Arremate todo os pontos.

Costas: Faça as cavas como na Frente e trabalhe até completar 9 carr de motivos. Trabalhe em m os 34 pontos centrais, coloque-os numa agulha auxiliar e faça mais 4 carr em m de cada lado do decote. Arremate todos os pontos.

Costure os ombros, passe 2 carr em t ao redor do pescoço e arremate todos os pontos.

Artesão: Mateus Moraes

Categoria:

Moda Feminina Adulto

 

Técnica:

Tricô

 

Tipo:

Blusas

porsiteag

Dicas para começar a bordar

O bordado pode ser um hobby ou uma forma de ganhar dinheiro, vendendo seus próprios trabalhos ou prestando serviços para confecções e costureiras autônomas. Veja a seguir, algumas dicas para começar a bordar.

Dicas para começar a bordar:
  • Cursos: Há muitos vídeos e revistas que ensinam a bordar. Além disso, algumas lojas que comercializam produtos para bordados costumam organizar cursos ou sabem onde é possível aprender.
  • Agulhas: O ideal é ter vários tipos, mas dê preferência àquelas que possuem a ponta arredondada para facilitar o bordado.
  • Bastidor: Você pode comprar modelos feitos de plástico ou madeira. O bastidor serve para prender a tela a ser bordada, facilitando o manuseio do tecido.
  • Caneta: Para o bordado livre, você terá que usar caneta de carbono para transferir o desenho para o tecido. A melhor opção é a caneta de carbono amarela, que não mancha o tecido. Também existe um modelo de caneta com tinta lavável.
  • Linhas para bordado: A meada de linha para bordado é mais rentável em comparação com os rolinhos. Avalie o custo/benefício, pois você terá que comprar vários tipos de linhas e cores.
  • Ponto cruz: Com o tempo, você aprenderá diversas técnicas de bordado, mas, para começar, o ponto cruz é a mais simples. Ideal para iniciantes e para os desenhos simétricos. Depois, você irá aprender a fazer bordados mais complexos à mão.
  • Tecido: A escolha depende do tecido e depende do tipo de bordado que será feito. Por exemplo, o algodão é recomendado para o bordado livre; o tecido com furos mais visíveis serve para o bordado em ponto cruz.
  • Tema do bordado: No início, não se preocupe tanto com o tema do bordado. O mais importante é dominar as técnicas e escolher os produtos certos (linhas e agulhas). Com o tempo você conseguirá fazer desenhos mais complexos, que demandam tempo e mais concentração para não errar os pontos.
  • Tesoura: Para facilitar os arremates, escolha tesouras de pontas finas. O bordado é um trabalho muito delicado, por isso, é importante usar instrumentos precisos para não danificar o tecido nem os pontos.

Gostou das nossas dicas para começar a bordar? Então continue acompanhando o blog para saber mais, acesse o site da Clickfios e conheça os nossos produtos para bordados!

porsiteag

Tecidos Infantis

Os tecidos infantis são aqueles utilizados para a decoração de itens no quarto dos baixinhos. Eles podem ser encontrados nas mais variadas temáticas e utilizados para a confecção de bandeirinhas, almofadas, lençóis e assim por diante. Pensando nisso, trouxemos neste artigo um especial sobre tecidos infantis. Vamos conferir?

O que fazer com tecidos infantis?

Com os tecidos com estampas infantis da Clickfios você pode confeccionar para o quarto das crianças:

  • Bandeirinha

O mais interessante na confecção deste item as bandeirinhas podem ser feita com diferentes tecidos infantis, cada uma com uma estampa diferente e, além de decorar o quarto das crianças, as bandeirinhas também são ótimas alternativas na decoração de festas infantis em geral.

  • Quadrinhos

Os quadrinhos também são exemplos de itens para serem confeccionados com tecidos de estampas infantis. Sendo assim, que tal utilizá-los na hora de decorar o quarto do pequeno com muito mais estilo e personalidade?

  • Capas de agendas ou cadernos para estudar em casa

As capas de cadernos ou de agendas também são sugestões interessantes para aproveitar tecidos com estampas infantis. Para presentear com algo divertido, a dica é mesclar diferentes cores e estampas.

  • Almofadas com retalhos

Para muito mais diversão, outra ótima ideia para utilizar os tecidos infantis da Clickfios é na confecção de almofadas com retalhos.

Retalhos? Como assim?

É isso mesmo que você leu! Junte diversos tecidos, pegue um pouquinho de cada um e faça almofadas muito mais divertidas (além de exclusivas) para a decoração do quarto do pequeno.

Gostou das nossas dicas? Então continue acompanhando o blog e confira sempre os melhores conteúdos.

Aproveite e confira nossa seleção de tecidos infantis no site da Clickfios, lá você encontra uma variedade de tecidos para suas criações e muito mais!

porsiteag

Artesanato com fios de barbante

O barbante é um material simples, barato e facilmente encontrado (na Clickfios você encontra uma grande variedade de barbantes). O que talvez você não saiba é que com os fios de barbante é possível criar objetos decorativos, lembrancinhas e muito mais. Pensando nisso, trouxemos neste artigo algumas dicas de artesanato com fios de barbante.

Preparada para conferir nossas dicas de artesanato com fios de barbante? Então vamos lá.

1. Fruteira de barbante

A cestinha de frutas de barbante, além de útil e bonita, é facilmente confeccionada.

Para que o barbante fique duro a nossa recomendação é mergulhá-lo em uma solução com água + cola branca diluída. Para moldar, utilize uma bacia.

Depois, basta esperar secar e sua cestinha estará pronta.

2. Latinha decorada de barbante

Para fazer esse objeto decorativo e rústico tudo o que você vai precisar é de uma lata usada e de barbante. Enrole-o na lata até que ela fique 100% revestida. Para colar, utilize cola quente. Espere secar e pronto!

3. Enfeite de árvore de natal

O enfeite de árvore de natal com barbante também é facilmente confeccionado. Para fazê-lo, utilize um cone de papel (com plástico revestido para que ele fique durinho) e enrole o barbante verde por cima da forma como achar mais interessante!

4. Relógio com dominós

Para confeccionar esse item diferenciado para a decoração do escritório ou sala, indicamos um disco de vinil (ou outro objeto deste tamanho) como molde. Preencha-o com barbante e em seguida utilize peças de dominós para os números.

5. Quadrinho com pregos e fios de barbante

O item decorativo está mais, na verdade, para peça artesanal. Para confeccioná-lo, escolha uma figura, frase ou palavra para ser reproduzida. Pontilhe com os pregos e em seguida passe os fios de barbante por cima.

Agora que você já tem algumas dicas de artesanato com fios de barbante, acesse a loja Clickfios e aproveite nossas ofertas!

 

porsiteag

Linhas Círculo: conheça as melhores

As linhas Círculo são uma referência nacional no mercado há quase 80 anos. Seus principais produtos são populares entre profissionais e amadores da costura, perfeitos para todo tipo de peça.

Conheça as linhas Círculo:

Barroco Maxcolor

O fio é composto 100% por algodão e é muito macio, com ótimo caimento. Ele possui mais de 40 opções de cores, o que o torna bem versátil. É uma escolha excelente para confeccionar bases de peça e para criação de degradê.

Mollet

O Mollet é um fio 100% em acrílico, que pode ser usado para tricô ou crochê igualmente. A Círculo oferece mais de 70 cores deste fio. Ele pode ser usado na confecção de blusas, bolsas, gorros, vestidos e muitas outras peças que sua imaginação permitir.

Alice

O fio Alice é uma mistura na medida certa de acrílico e poliéster: 50% cada. Esse mix o torna ideal para peças de inverno não muito pesadas e nem tão leves, como cachecóis, gorrinhos, golas, polainas, xales e suéteres.

Anne

A linha Anne é especial, ela é formada 100% por algodão mercerizado, o que dá um acabamento cintilante e um toque macio. Ela não deixa nada muito pesado, o que a torna ótima para roupas vazadas para o verão e para decoração, especialmente toalhinhas e trilhos de mesa.

Folia

Mais um fio totalmente em acrílico, o Folia tem esse nome por ser super colorido e gerar um estampado original nas peças. Perfeito para roupas infantis, pompons, toalhas e mais!

Agora que você já conhece um pouco mais sobre as linhas Círculo, acessa a loja Clickfios, confira a variedade de cores e  garanta a sua!

porsiteag

Quais são os diferentes tipos de tecido?

Você muito possivelmente tem a consciência de que o  uso de diferentes tipos de tecido podem influenciar (e muito) a confecção da peça desejada. Você sabe quais são os principais tipos de tecido existentes?

Confira a seguir:

Tipos de tecido e qual a recomendação de uso de cada um deles:
  • Atoalhado

O atoalhado é um tecido extremamente absorvente, motivo pelo qual é utilizado na confecção de toalhas, saídas de banho/praia e até mesmo roupas de bebê.

  • Alpaca

O tecido de alpaca é de fibra leve e possui um pouco de brilho. Basicamente, ele parece uma mistura de malharia e alfaiataria e é usado especialmente em paletós, ternos e malhas.

  • Acrílico

O acrílico é um tipo de tecido sintético e de baixa absorção. Por isso, é bastante utilizado para a confecção de malhas e roupas esportivas.

  • Bouclê

O tecido tem como principais características a superfície áspera e irregular, além de fios enrolados (de lã mista ou pura). É utilizado para malharia e roupas femininas.

  • Couro

O couro é um tecido adequado para a confecção de jaquetas, casacos e saias. Geralmente a peça é comprada não-tratada e inteira.

  • Chambre

O chambre consiste em um tecido de algodão puro ou misturado com poliéster ou raiom-poliéster. Ele é bastante utilizado para a confecção de pijamas, uniformes, camisas e roupas de esporte.

  • Linho

Feito de fibras sintéticas ou algodão, este tecido, estampado ou não, é bastante utilizado em vestidinhos de verão e roupas infantis.

  • Camurça

A camurça é um  tipo de tecido encontrado liso ou estampado. Ele é utilizado especialmente na confecção de jaquetas, bolsas e cintos.

 

Confira no site da Click Fios uma seleção especial com o tipos de tecido ideal para suas criações de artesanato!

porsiteag

DIY: Como encapar a cúpula do abajur com tecido

Os abajures são itens indispensáveis na casa – além de permitirem uma iluminação específica e mais íntima, eles também trazem muito mais personalidade para o ambiente em questão.

E se você também está cansada de seus abajures, saiba que não é necessário substituí-los: basta personalizá- los!

A seguir, neste artigo, confira como encapar a cúpula do seu abajur com tecido. Vamos conferir?

Passo a passo de como encapar a cúpula do abajur com tecido
  1. Comece medindo o comprimento e altura da cúpula no próprio tecido. Em seguida, recorte-o deixando 2 cm de “sobra” nos cantos inferior e superior. As sobras ajudarão no acabamento nas bordas.
  2. Isso feito, envolva a cúpula do abajur com o tecido escolhido para a “arte”.
  3. Use a cola apenas na hora de fechar e depois fixe as pontas do tecido uma na outra.
  4. Para finalizar, faça pequenos “piques” em cada sobra deixada (primeiro passo) nas bordas. Eles garantirão que o tecido fique rente e, é claro, fixo ao abajur.
  5. Passe a cola quente em todos os cantos da cúpula e vire as bordinhas do tecido.
  6. Prontinho!

E agora que você já conhece o passo a passo de como encapar a cúpula do abajur com tecido, o que ainda está esperando para apostar nesta técnica de DIY?

Na Clickfios você encontra o material ideal para encapar a cúpula do abajur em uma grande variedade de modelos: coloridos, em tons neutros, com estampas e assim por diante. Falando nisso, que tal aproveitar para fazer uma visitinha ao site?

 

porsiteag

Furadores de papel: super necessário para scrapbook

Os furadores de papel são um item de papelaria que com certeza não podem faltar em sua casa. Eles podem ser utilizados para a produção de uma série de peças – e, é claro, de incríveis scrapbooks.

O scrapbook consiste em uma terminologia que, na tradução literal, diz respeito a uma técnica para a confecção e personalização de agendas, álbuns de fotos, convites para festas, recortes de fotografias e demais materiais.

Sendo assim, se você também gosta de produzir esse tipo de material (seja para uso próprio ou para presentear alguém que você gosta com algo feito à mão), o furador de papel é um item que você definitivamente precisa ter em casa.

Os furadores de papel podem ser encontrados nos mais variados formatos e tipos. Basicamente, os seus tamanhos são clássicos:

  • Pequeno;
  • Médio;
  • Grande;
  • Gigante;
  • Jumbo.

Esses dois últimos tamanhos são indicados para a produção de peças maiores, tais como livros didáticos, por exemplo. Já os tipos são muito variados. É possível encontrar furadores de papel de modelos mais simples (como de formatos geométricos, corações, estrelas, luas e outros) ou modelos com recortes mais complexos, tais como animais, cupcakes, coroa, bolsa, trem, anjo, bailarina e por aí vai.

Para conferir as opções de furadores de papel da Click Fios, não hesite em acessar o site na categoria, disponível no link. A Click Fios conta com mais de 200 modelos de furadores de papel dos mais variados tipos e tamanhos. E certamente, em breve, alguns deles serão seus!

porsiteag

Tipos de fio de lã usados para tricotar

A escolha de qual fio de lã será utilizado na hora de tricotar pode influenciar – e muito – no resultado do projeto de tricô.

Tendo em mente que essa é uma dúvida que aflige até os que já não são mais iniciantes na arte de tricotar, trouxemos neste artigo os principais tipos de fios de lã utilizados, assim como suas vantagens e aplicações.

Vamos conferir quais são os tipos de fios de lã?

Fio de lã comum

Os fios de lã comuns são provenientes de ovelha e carneiro e, consequentemente, são mais macios. Eles podem ser utilizados para qualquer tipo de trabalho tricotado e tudo vai depender da maciez e/ou rigidez esperados.

Fios de lã nobre

Já esses fios são provenientes de outros animais e a nomeação varia de acordo com o mesmo. Os principais são:

– Lã de alpaca: ideais para casacos, moletons e outros trabalhos ‘quentinhos’, visto que essa lã é uma ótima isolante térmica;

– Lã de angorá (coelho): recomendada para tricotar peças que entrarão diretamente em contato com a pele, como é o caso dos cachecóis e lenços. A razão? O toque extremamente leve e suave proporcionado pela lã;

– Lã de mohair: a lã, confeccionada de uma raça específica de ovelha, apesar de suave, é recomendada para peças que não entrem em contato direto com a pele (como casacos, por exemplo).

Fios sintéticos

Os fios lã sintéticos são mais comuns, baratos e possuem grande variedade de composição (poliamida, acrílico, poliéster e algodão). São recomendados para iniciantes e para qualquer tipo de trabalho, visto que são encontrados em diferentes cores e texturas.

Os fios de seda são mais recomendados para tecidos luxuosos e leves, enquanto os fios de algodão são os preferidos para roupas de calor, infantis ou íntimas.

Para finalizar, recomendamos sempre o uso de marcas bem renomadas e materiais de boa qualidade, como as vendidas na Clickfios. Além disso, evite o desperdício e sempre que estiver em dúvida faça um experimento com poucas unidades de fio para um primeiro teste.